domingo, 24 de maio de 2009

Site da Verde Vale com vírus


Durante um grande evento social por mim atendido aqui no Bela Vista no último sábado, tive a oportunidade de conhecer nenhum diversos leitores deste blog.

Entre eles, a pequena L., irmã caçula de F.F.A., veio me procurar para fazer uma denúncia sobre aquela empresa maligna que, a revelia da lei, detém o monopólio do transporte coletivo entre Blumenau, Gaspar e Galhota.

Disse-me a pequena L., que ao tentar acessar os horários dos ônibus no saíte da Negro Vale¹, foi alertada por seu anti-vírus que havia um vírus naquela página.

Ou seja, não satisfeita em ferrar a vida dos gasparenses no mundo real, a nova política de tortura psicológica da Negro Vale agora inclui também detonar nossas vidas no mundo virtual.

Eu não podia acreditar que isso fosse verdade, mas resolvei verificar com meus próprios olhos até que ponto havia chegado a maldade dessa empresa malvada. Para minha surpresa, ao tentar acessar os horários dos ônibus no saíte já mencionado, deparei-me com o alerta capturado na imagem acima.

Não só o saíte não é compatível com o Firefox, agora ele também deseja ferrar meu PC. Lamentável.

Indignado, ainda no saíte da Negro Vale, dirige-me a secção "Fale Conosco", a fim de enviar uma mensagem alertando-os que a página dos horários estava "bichada", nos seguintes termos:

"Quando tentei acessar os horários da Viação Verde Vale neste site, fui alertado pelo meu anti-vírus que havia algum tipo de vírus na página dos horário tentando detonar meu computador. Não sei se isso só acontece comigo, ou se vocês já receberam mais alguma mensagem nesse sentido, mas fica aqui o registro.

Obrigado

Crenisvaldo Pereira"


No entanto, pra variar, não obtive exito no meu intento, nem no Firefox nem no Internet Explorer, conforme se verifica nas imagens abaixo.



Não localizei nenhuma outra forma de contato, nem mesmo um e-mail direto ou algo assim.

Desta forma, entrei no saíte do Seterb, autarquia subordinada ao município de Blumenau, cuja responsabilidade é fiscalizar o sistema de transporte coletivo naquela cidade², e mandei um e-mail para o Serviço de Atendimento ao Público³, nos seguintes termos:

"Ao tentar acessar os horários dos ônibus no site da Verde Vale (www.verdevale.com.br), fui alertado pelo meu anti-vírus de que haveria um vírus naquela página (vide imagem em anexo). Tentei alertar a empresa através de um formulário de contato no mesmo site, mas ao pressionar o botão "enviar" obtive um erro de script como resposta.

Não sei se isso só acontece comigo, mas como não consegui avisar diretamente a Verde Vale, fica aqui o registro.

Obrigado

Leyde Lauro da Rocha"


Se responderem alguma coisa, publicarei aqui.

1 - http://www.verdevale.com.br
2 - http://www.seterb.sc.gov.br/historia.php
3 - sap@seterb.sc.gov.br

5 comentários:

Marcos Juliano Martins disse...

Não é de hoje que o site tem sérios problemas. Muitas vezes tentei acessar a página de horários sem sucesso. Nem título eles colocaram no site. Como diz meu querido patrão: SÉRIO, SÉRIO SÉRIO!

keroley disse...

Tentei olhar os hosrários de onibus gaspar - blumenau e nao consegui. Se alguém souber onde posso encontrar mandem para meu keroleysabel@hotmail.com

Obrigada!

Anônimo disse...

não eh saíte eh site

Anônimo disse...

empresa malvada? saíte?
Risos!
vai andar de pé!

Robaco disse...

Em atenção aos leitores e internautas que, às vezes, questionam a grafia da palavra "saíte", traz-se um parecer do professor de Português Paulo Flávio Ledur, autor de diversas obras que ensinam a escrever direito.

"É norma distinguir qualquer termo ou expressão de outra língua, a não ser que sua grafia seja adaptada ao nosso idioma. Usar entre aspas ou em letra diferenciada (grifo, por exemplo) são as formas corretas de fazer essa distinção. Exemplo: "site"

Há quem diga que nos casos de palavras estrangeiras de largo uso não haveria essa exigência.

Não se pode concordar com isso, porque na prática seria o mesmo que eliminar a norma. Quando se consideraria uma palavra de largo uso? Quais os limites? No caso da palavra site, apenas para ficar no mesmo exemplo, seria mais correto adaptá-la à língua portuguesa: saite. Então, sim, não seria necessário diferenciá-la graficamente.

Saite fica bem!"