sexta-feira, 10 de abril de 2009

O caso de MacGyver, o agente secreto


Seu Jaime conta que, quando ele ainda era chefe de segurança, um preso que havia acabado de chegar ao ergastulum lhe foi encaminhado para preenchimento do seu cadastro no sistema computadorizado.

O preenchimento se dá durante uma entrevista que o chefe de segurança faz com o novo preso, na qual ele pergunta coisas como o nome, alcunhas, profissão, escolaridade, crime praticado, endereço, entre outros dados importantes do cara.

Dai tá, a entrevista ia se desenrolando e o seu Jaime ia jogando os dados no sistema.

Em dado momento:

- "Tu tem alguma alcunha?"
- "Alcunha?"
- "É, algum apelido ou algo assim."
- "Ah, o pessoal costuma me chamar de MacGyver."
- "MacGyver?! Porquê?"
- "Ah, porque em 1985 eu consertei uma TV de plasma com um canivete."
- "Em 1985 tu consertou uma TV de plasma com um canivete?!"
- "É..."
- "Tá, sei. E qual é tua profissão?"
- "Agente secreto."
- "Agente secreto?!"
- "É, espião da policia federal, mas como eu tava desempregado, eu andava fazendo uns bicos de jardineiro."

Um comentário:

Anônimo disse...

?
.