domingo, 6 de julho de 2008

Previsão do Tempo para Santa Catarina



Essa semana estava no "busão", quando um fã deste blog me reconheceu e veio falar comigo. Em dado momento, após uma acalourada discussão sobre a constitucionalidade daquela nova lei dita "lei seca", referido cidadão comentou: "nossa, aquelas jurisprudências do seu blog são muito engraçacadas. Copias elas de onde?

"De onde eu copio?", perguntei. "É", replicou o infeliz. "Ora, caro colega, por um acaso o endereço do meu blog é 'terra.com.br'? Ou 'jornaldesantacatarina.com.br'? Ou qualquer outro saíte de notícias engraçadinhas subtraídas descaradamente da internet? Pois fique sabendo, meu rapaz, que eu não surrupio conteúdo de ninguém. Em verdade, em verdade, eu vos digo que entro pessoalmente em todos os saítes de tribunais possivelmente imagináveis desta nação. Em seguida, em cada um desses sáites, dirijo-me à página de busca de jurisprudência e procuro por palavras-chaves como: 'danos morais pênis', 'pênis depressão', 'ereção assédio sexual', 'diabas catarinenses', entende? Você faz ideia de como isso é trabalhoso? Mas o trabalho sujo não acaba ai. Listados os resultados, fico horas e horas peneirando o que foi achado em busca de algo originalmente engraçado, porra. Logo, não venha desmerecer o meu esforço afirmando que eu me filio à horda de kibadores que tomou conta da internet, cacete", esbravejei.

Sentido que havia perdido a atenção de meu interlocutor, e carente de atenção, disse: "E esse tempo que não melhora, parece que vai chover amanhã de novo..."

"É, eu vi na previsão ontem que vai chover bastante até sexta-feira, em razão de uma massa de ar frio advinda da Argentina", respondeu.

"Rapaz, tu sabia que uma frente fria desloca-se à 64 Km/h", comentei sabiamente.

O garoto assentiu.

E então continuamos a conversar sobre assuntos triviais como, por exemplo, metereologia, futebol, controle de constitucionalidade, entre outros tão comuns nos coletivos urbanos Brasil à fora...

Um comentário:

Dymaima disse...

Que engraçada sua anedota nu busão! Rsrs
Em Buenos Aires, as pessoas se me acercavam para falar e tentavam dizer palavras em português, mas não conseguiam!
Tinha um vizinho num andar mais abaixo de meu aluguel temporada Buenos Aires que sempre tinha um tema de conversa!